Cooperado: (11) 3378-2800
Icone FacebookIcone Instagram

O queijo ideal para cada dieta

Combinados em diferentes refeições, os queijos são parte essencial do cardápio do brasileiro. Quando chega a hora de escolher o melhor tipo, muitos ficam em dúvida entre quais são saudáveis, como podem ser combinados e quais as quantidades ideais para compor sua alimentação. Para acabar com a dúvida, confira especificações sobre quatro tipos muito populares e escolha o melhor tipo de queijo de acordo com sua saúde, seu apetite e bem estar!

1 – Muçarela

A nutricionista Christiane Barros Almeida Leite, integrante do Conselho Regional de Nutricionistas, diz que o muçarela é o queijo mais fabricado e consumido no Brasil. Embora tenha algumas variações, todas se caracterizam pela massa esbranquiçada e firme e pelo fácil derretimento.

“É um queijo rico em proteína e cálcio, mas apresenta colesterol alto”, diz Gilson Pedro de Oliveira, gerente industrial de laticínios da Frimesa. Por esse motivo, a recomendação é que se consuma apenas 30 gramas por dia, o que equivale a uma fatia e meia. Quanto ao valor calórico, o muçarela é mediano, variando entre 22% e 26% em índices de gordura.

2 – Prato

É um dos queijos mais gordurosos, com índices de 32%. Seu colesterol também é um dos mais elevados, por isso, deve-se comer apenas uma fatia (20 gramas) por dia.

No entanto, apresenta grande concentração de cálcio e proteína. “A diferença em relação ao muçarela é ser menos elástico e derreter menos, mas ambos apresentam concentração de sal moderada, entre 0,8% e 1%”, afirma Oliveira. Para a compra desse tipo de queijo, Christiane atenta para a questão da higiene. “É preferível comprar a peça inteira e cortar em casa. Quando compramos já fatiado, não podemos ter certeza das condições em que esse corte foi feito”, aconselha. Nesses casos, a manipulação equivocada leva a riscos de contaminação.

3 – Minas Padrão

Para quem tem alguma doença cardiovascular, é o mais indicado. “Ele tem menos colesterol e gordura saturada, por isso seu consumo pode ser de até três fatias (30 gramas) ao dia”, garante Christiane. Ela explica que a quantidade de sódio é menor nesse tipo de queijo, fazendo com que ele tenha menos sal. Além disso, seu índice de gordura gira em torno de 18%. Suas variações incluem o minas frescal e a versão light, ambos com concentrações ainda mais baixas de gordura.

4 – Requeijão cremoso (Catupiry*)

Por ter a massa fundida (passa por um pro­cesso de fusão), apresenta uma consistência mais pastosa. É o queijo com a maior quantidade de água entre os quatro (tem 60% de umidade). Apresenta, em média, 26% de gordura e inclui creme de leite. Há nutricionistas que indicam consumir uma colher e meia de sopa por dia, mas não há consenso sobre a quantidade. O sal varia entre 0,5 e 0,8% – quantidade considerada aconselhável para pessoas saudáveis.

*Embora este queijo seja chamado de Catupiry, este nome representa apenas uma das marcas que o fabrica. O correto é chamá-lo de requeijão cremoso.

Fonte: Gazeta do Povo